Contagem regressiva para a volta de Tiago Cardoso é iniciada


Um dos maiores ídolos do Santa Cruz está perto de retornar para debaixo das traves: o goleiro Tiago Cardoso. Na noite da última terça-feira (24), o Departamento Médico estabeleceu um prazo para a sua volta, alegrando toda a torcida coral, após ser liberado para a transição. O médico José Carlos Cordeiro Júnior não cravou a data exata, mas afirmou que há possibilidade do arqueiro ficar à disposição na grande final do Campeonato Pernambucano 2015.

Para que isso aconteça, duas situações precisam, de fato, existir. A primeira é o Santa alcançar a final do estadual e a outra está no foco de Tiago Cardoso. Esse último critério não é visto como dificuldade pelo médico coral, que fez questão de enaltecer a dedicação do profissional.

“Ele tem uma boa recuperação e grande força de vontade. Não está descartada uma volta daqui para o final do estadual”, afirmou. 

No clube desde 2011, Cardoso enfrenta a sua quarta lesão na trajetória vitoriosa pelo Santa. Essa última, no ligamento cruzado do joelho direito, aconteceu no dia 22 de novembro, na disputa do Campeonato Brasileiro da Série B, na penúltima rodada da competição nacional. Já são exatamente quatro meses inativos, aumentando a saudade dos torcedores do Mais Querido do Nordeste. 

Quando foi contratado pelo Santa Cruz, chegou com certa desconfiança, pois não atuava há seis meses e vinha de uma lesão. Bastou conquistar o título estadual de 2011 e ser eleito o craque da competição, além do acesso à Série C, para apagar a má imagem. Vale salientar que o clube não erguia a taça há cinco anos. Naquela ano, ele machucou o músculo adutor da coxa direita e depois de dois meses voltou a sentir o mesmo problema.

No ano seguinte, Tiago Cardoso comemorou o bicampeonato pernambucano e sofreu a sua terceira lesão. Desta vez foi mais séria, tirando-o do dia 13 de maio até 30 de setembro (quatro meses) e retornando apenas no decorrer da Série C. 

Em 2013, o paredão não se lesionou e terminou como tricampeão pernambucano, conquistando o acesso à Série B e jogando todas as partidas. Ainda celebrou o título nacional da Terceira Divisão, o primeiro da história do clube. Resumindo a sua trajetória magnífica: três taças estaduais e dois acessos, além de prêmios de craque e melhor goleiro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

TV CORAL

CAMPEONATO BRASILEIRO - CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ



------------------------------------------------------------------------------------

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK