Santa Cruz goleia o Botafogo no engenhão, e está a uma vitória da série A

Uma vitória sensacional e com direito a goleada em pleno estádio Nilton Santos, mais conhecido como Engenhão. O Santa Cruz foi avassalador no segundo tempo e engoliu o Botafogo, marcando todos os gols na etapa complementar e vencendo por 3 a 0, na tarde deste sábado (14), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Além de engatar uma sequência de quatro vitórias seguidas, o Mais Querido segue firme no G4 e está bem próximo de conquistar o acesso à elite do futebol.

Os 15 minutos iniciais foram estudados. As equipes procuraram o ataque, mas com  cautela pelo caráter decisivo da partida. Atuando fora de casa, os tricolores estavam mais ligado que o Botafogo/RJ, que tinha dificuldades para arma as jogadas e começava a ser pressionado pela torcida, presente em bom número do Engenhão. Por conta do forte calor, o árbitro do jogo deu uma parada técnica de dois minutos. Os técnicos aproveitaram o momento para conversar com os jogadores e o time da casa acordou, pressionou o lento Santa, mas o morno primeiro tempo terminou em 0 x 0 e com muitas vaias da torcida adversária.

Logo no começo do segundo tempo, o Santa Cruz saiu na frente com gol de Lelê após boa triangulação entre o meia-atacante, Luisinho e Grafite. Em desvantagem no placar, o Botafogo se atirou ao ataque e deu brechas para o time coral explorar os contra-ataques. Já sem paciência, a torcida do Fogão perdeu ela de vez depois do segundo gol tricolor. O 2 a 0 já estava de bom tamanho, mas o resultado virou goleada, quando Bruno Moraes sacramentou a magnífica vitória. O proxímo compromisso pela Segundona será contra o Mogi Mirim/SP, no sábado (21), no interior paulista.
O TIME -  Pelo terceiro jogo seguido, o técnico Marcelo Martelotte fez clima de mistério e não soltou a escalação do Santa Cruz. Somente minutos antes da bola rolar, o time foi divulgado até com certa ousadia. As novidades foram as entradas do lateral direito Vítor, do meia João Paulo, que retornaram de suspensão, e do atacante Grafite, recuperado do desgaste muscular, nas vagas de Bileu, Vinícius Reche e Bruno Moraes. Com a manutenção do meia Daniel Costa, o time coral ficou mais ofensivo.
O tricolor começou com a seguinte formação: Tiago Cardoso; Vítor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cézar, João Paulo, Daniel Costa Lelê e Luisinho; Grafite.

GOLS - Aos 6 minutos do segundo tempo, Lusinho recebeu na direita e cruzou rasteiro para o atacante Grafite, que mesmo sem ângulo tocou pra trás e o meia-atacante Lelê, livre de marcação, só colocou a bola no fundo das redes do goleiro Helton Leite, abrindo o placar.  Quando o relógio marcava 22 minutos, o meia Daniel Costa armou um contra-ataque e tocou na medida para Luisinho, que ficou frente a frente com o goleiro Helton e esperou Grafite chegar pela esquerda para mandar a bola.

Aos 30 minutos, o lateral esquerdo Allan Vieira acertou um belo cruzamento, o centroavante Bruno Moraes se antecipou no lance e marcou o terceiro gol do Santa, mostrando faro de artilheiro.
MODIFICAÇÕES - No decorrer da etapa complementar, Martelote fez a primeira substituição, acionando o volante Bileu no lugar de Lelê. Em seguida, o camisa 23 Grafite saiu para a entrada de Bruno Moraes. A última mudança foi Vinícius Reche no posto do meia Daniel Costa.
CLASSIFICAÇÃO - Com o excelente resultado, o Santa chegou aos 61 pontos e permaneceu na 4ª posição, abrindo quatro pontos de diferença para o 5º colocado.

DEIXE SUA OPINIÃO TRICOLOR!

TV CORAL

CAMPEONATO BRASILEIRO - CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ



------------------------------------------------------------------------------------

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK