Diretor de futebol Jomar Rocha, deixa o Santa Cruz

De maneira repentina e alegando problemas de saúde, o agora ex-diretor de futebol Jomar Rocha entregou o cargo nesta quinta-feira (17). A notícia pegou a todos de surpresa, ainda mais porque o clube conquistou recentemente o sonhado acesso à Série A do Brasileiro. Em entrevista ao repórter Igor Moura, da Rádio Jornal, Jomar explicou a saída e desmentiu que tenha sido motivada pelo desgaste por conta da briga com Eduardo Maluf, empresário do atacante Luisinho.

A saída 

Na verdade, eu sai para cuidar da saúde e da família. O futebol do Santa Cruz hoje está bem cuidado com Tininho (Constantino Júnior, vice-presidente), Hélder (Moura, diretor de futebol), Ataíde (Macedo, gerente de futebol) e o presidente Alírio Moraes. Todos eles estão fazendo um ótimo trabalho. Isso me deixa seguro para sair e tratar de outras coisas na minha vida, principalmente a saúde

Briga com Eduardo Maluf

Isso não tem nada a ver. Estamos acostumados com esse tipo de problema no futebol. Na verdade, a minha saída era um assunto que vinha amadurecendo há algum tempo. O que me deixa tranquilo nessa saída é que o clube está no caminho certo, a torcida pode ficar tranquila quanto a isso. A minha família pressionava muito porque o futebol é muito desgastante. Diversas pessoas me ajudaram aqui no Santa Cruz, como Antônio Luiz Neto, Ataíde e agora Hélder, que chegou recentemente (trabalhava na base do clube). Mas minha saída é mais um até breve do que um adeus.

Cabeça erguida

Com certeza, mas o mais importante é o Santa Cruz, que está bem administrado. Agora independente de eu ser o diretor ou não, vou continuar sendo torcedor em qualquer divisão, onde o Santa tiver. O Santa Cruz é mais importante do que Jomar, e se o Santa estiver bem, a torcida estará feliz e isso é o que importa.

TV CORAL

CAMPEONATO BRASILEIRO - CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ



------------------------------------------------------------------------------------

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK