Martelotte pede respeito ao Santa Cruz sobre o América

Não há como negar o favoritismo do Santa Cruz contra o América, nesta quinta-feira, no Arruda. O técnico Marcelo Martelotte não esconde isso. Mas o comandante do Santa Cruz não deixa de cobrar dos seus jogadores respeito ao Mequinha. Ressabiado após o time alviverde ter vencido o Sport em seu único jogo no Estadual, o treinador quer evitar que o Tricolor seja surpreendido.

“Apesar do domínio e das chances do Sport, o América conseguiu se defender bem e conquistou um resultado surpreendente para todos. Mas que traz um respeito. Apesar de existir um favoritismo, a gente precisa respeitar o adversário porque ele tem as suas qualidades”, falou Martelotte. “É dessa maneira que vamos encarar o jogo, sabendo da nossa responsabilidade, sabendo da necessidade que temos de conquistar a primeira vitória do Pernambucano”, completou.


Para o técnico do Santa Cruz, América e Central, únicos clubes que vêm jogando o Estadual desde o início do ano (foram os classificados para o hexagonal do título), têm certa vantagem em relação às demais equipes. “Já vêm com mais ritmo jogando dentro do próprio campeonato, que se iniciou lá atrás para ele. Isso, talvez, traga aquele espírito mais preparado para este primeiro momento.”


TV CORAL

CAMPEONATO BRASILEIRO - CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ



------------------------------------------------------------------------------------

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK