Na pressão, Santa Cruz vence o Confiança no Arruda

Enfim, os primeiros três pontos no Arruda na Copa do Nordeste. Com uma boa atuação, o Santa Cruz transformou a superioridade dentro de campo em vitória sobre o time reserva do Confiança/SE por 3 a 1, na noite desta terça-feira (8), pela 5ª rodada do torneio regional. O triunfo pode até classificar antecipadamente o Mais Querido, que torce por uma combinação de resultados dos Grupos A e D  no complemento da rodada.

O time coral começou o jogo avassalador e impondo um ritmo intenso, com as melhores jogadas saindo dos pés do atacante Keno em velocidade pelo lado esquerdo. A postura agressiva e ofensiva, completamente diferente da do jogo contra o Central, surtiu efeito rapidamente e antes da metade do primeiro tempo Tiago Costa abriu o placar. Em vantagem, os tricolores exageraram em perder gols, viram o adversário oferecer pouco perigo na base do contra-ataque e fizeram por merecer a vitória parcial por 1 a 0.

No segundo tempo, o Santa Cruz transformou a facilidade do jogo em drama. Voltou do intervalo abusando nos erros de finalização e pagou caro. O famoso ditado "quem não faz leva" conspirou contra o time tricolor e o Confiança/SE chegou ao gol de empate. Precisando da vitória e pressionado pela torcida, os tricolores foram para cima dos sergipanos e depois de tanto insistir veio o alívio ao marcar mais dois gols, sacramentando a vitória pelo placar de 3 a 1.

O clube das três cores volta a se concentrar no Campeonato Pernambucano e enfrenta o Salgueiro, no próximo domingo (13), no estádio Cornélio de Barros.

O TIME - Às vésperas da partida, o técnico Marcelo Martelotte ganhou três desfalques e precisou promover quatro mudanças na equipe. Tiago Costa, Leandrinho, Wallyson e Arthur entraram nas vagas de Allan Vieira, Marcílio, Lelê e Grafite, respectivamente.
O time começou o jogo com Tiago Cardoso; Everton Sena, Alemão, Leonardo e Tiago Costa; Wellington Cézar, João Paulo, Leandrinho, Keno  e Wallyson; Arthur.

GOLS - Logo aos 12 minutos do primeiro tempo, o lateral esquerdo Tiago Costa começou a jogada, aproveitou o lançamento do meia Leandrinho por cima da zaga para dar um toque sútil e vencer o goleiro Henrique. Aos 8 minutos do segundo tempo, o lateral direito Caíque recebeu um lançamento, driblou o goleiro Tiago Cardoso e finalizou para o fundo das redes, empatando o jogo.

Aos 25 minutos, Keno desceu em velocidade, invadiu a área  e chutou contra o goleiro Henrique, que deu rebote para o atacante colocar o Santa em vantagem novamente. Dois minutos depois, Bruno Moraes aproveitou o passe primordial de Keno, passou pelo camisa 1 do Confiança/SE e só teve o trabalho de chutar cruzado, ampliando o placar.

MODIFICAÇÕES - No decorrer da etapa complementar, o meia Leandrinho foi sacado e o prata da casa Raniel entrou. Minutos depois, o centroavante Bruno Moraes ficou com o lugar do atacante Wallyson. Nos minutos finais, Arthur deixou o campo para a entrada do meia Daniel Costa.

CLASSIFICAÇÃO - A primeira vitória em casa na Copa do Nordeste manteve o Santa Cruz na 2ª colocação, agora com dez pontos conquistados, ficando provisoriamente a dois do Bahia/BA, líder do Grupo C.

Se não fosse Keno…

A análise do jogo poderia se resumir a dizer que foi um duelo de ataque contra defesa. Dentro de campo, o Santa Cruz foi soberano contra uma equipe que marcou muito mal no campo. Os tricolores tiveram muitos espaços para criar e chegar ao ataque. Tanto que conseguiram três gols sem encontrar muitos obstáculos da marcação. O placar até poderia ser maior se não fossem os erros de finalização dos donos da casa.

Essas falhas, por sinal, quase custaram caro para o Tricolor. Mesmo sem nenhuma motivação no gramado, o Confiança conseguiu o seu gol em um dos raros lances de ataque na partida. Menos mal para o Santa Cruz que Keno vive fase inspirada no Arruda. Foi dele o gol de desempate e o lance que originou o terceiro, marcado por Bruno Moraes. Se não fosse o atacante, o torcedor coral poderia estar de cabeça inchada neste momento.

Ficha do jogo

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Everton Sena, Alemão, Leonardo e Tiago Costa; Wellington Cézar, João Paulo e Leandrinho (Raniel); Wallyson (Bruno Moraes), Keno e Arthur (Daniel Costa). Técnico: Marcelo Martelotte.

Confiança: Henrique, Caíque (Bibi), Carlinhos, Lucas Rocha (Luis Henrique) e Pedrinho; Nei, Wallace, Raulino e João Guilherme; Warley e Diego Ceará. Técnico: Betinho.


TV CORAL

CAMPEONATO BRASILEIRO - CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ



------------------------------------------------------------------------------------

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK