Torcida Tricolor recepciona o time no aeroporto do Recife

Um time que se classificou aos trancos e barrancos na Copa do Nordeste. Que ainda luta para se classificar no Campeonato Pernambucano. Que tem o treinador balançando no cargo. Que desembarcou no Recife após uma derrota de 1 a 0 para o time alternativo do Bahia. Qual recepção se espera diante de uma situação dessas? Esqueça qualquer desfecho racional. O Santa Cruz foi recebido com festa no Recife. Como convidado em uma comemoração que não lhe pertencia. Mas a tietagem sobrou no saguão do Aeroporto dos Guararapes na manhã desta quinta-feira.

Com bandeiras do Brasil em punho e camisas amarelas, cerca de 100 pessoas esperavam o desembarque da seleção brasileira no Recife - nesta sexta-feira, o duelo é contra o Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, na Arena Pernambuco. Porém, ao abrir os portões, foi o time tricolor que saiu por eles. Nenhum pingo de frustração na galera, que só queria festa.

os gritos, todos os jogadores - todos mesmo, inclusive os reservas - foram parados para tirarem fotos. Os atletas sorriram e foram muito tietados. Grafite foi o maior requisitado. Só o técnico Marcelo Martelotte que ouviu vaias por grande parte dos presentes no saguão.

A comemoração inimaginável até então por conta da má fase do time seguiu a todo vapor. Os jogadores eram saudados e alguns até se perguntavam:

- O que é isso? - chegou a se perguntar o volante Wellington Cézar

O Santa Cruz treina normalmente na tarde desta quinta-feira. Será o início da preparação para o jogo do próximo sábado, contra o América-PE, pelo Campeonato Pernambucano. A partida será na Ilha do Retiro e o time coral tem de vencer para avançar às semifinais da competição. 



Leia Mais :

> > 
Santa Cruz faz proposta para Alan Costa, zagueiro do Internacional


TV CORAL

CAMPEONATO BRASILEIRO - CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ



------------------------------------------------------------------------------------

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK