Recuperação de peças perdidas, faz parte da evolução do Santa Cruz


Os gols do Santa Cruz contra o Náutico não só fizeram o time sair na vantagem nas semifinais do Campeonato Pernambucano. Escancararam o crescimento de várias peças na equipe. Os autores que o digam: Arthur e Tiago Costa, antes reservas, voltaram entre os titulares - o primeiro por opção, o segundo, por causa da lesão de Allan Vieira. Justamente eles balançaram as redes e escreveram um novo momento na equipe.

Além de falar da evolução destas peças, Milton Mendes citou outras. Essas, que estão no banco de reservas nos dias atuais, como os meias Leandrinho e Daniel Costa, os próximos alvos, que devem ganhar chances na equipe principal futuramente.

- Existem outros belíssimos jogadores que não vinham jogando, como Tiago Costa e outros que estão esperando uma oportunidade. Até Lelê mesmo, que vem jogando bem, estava fora do time. Leandrinho é interessantíssimo. Daniel também. Existem muitos bons jogadores que, devagarinho, com o tempo, vamos colocando. 

Milton Mendes destrinchou o papel que procurou ter para a melhora dos jogadores individualmente. O resgate da confiança foi fundamental na recuperação.

- Meu papel foi tentar orientar, dar um caminho para que pudessem trilhar bem. Tentei compactar a equipe, que assim, ela corre menos. Além de interceptar o passe dos adversários. Tentei dar tranquilidade. O mérito é todo dos jogadores, que jogam e passo para eles.


Leia Mais :

> > Renato Cajá pode ser o novo reforço do Santa Cruz para disputar a serie A 2016

> > Santa Cruz vence o Clássico das emoções no Arruda lotado, 3 x 1 em cima do Náutico

TV CORAL

CAMPEONATO BRASILEIRO - CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ



------------------------------------------------------------------------------------

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK