Histórico de confronto entre Ceará x Santa Cruz

Ceará e Santa Cruz se enfrentam hoje sábado (23), no estádio Castelão, às 16h pela sétima rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste 2019.

Na história dos clubes, Ceará e Santa Cruz se enfrentaram 57 vezes. São 19 vitórias do Ceará, 14 empates e 24 vitórias do Santa Cruz.

O Santa Cruz entra em campo com a vantagem do retrospecto positivo. A última derrota do Tricolor para o Vozão foi em 2014. Fora de casa, o Ceará enfrentou o Santa Cruz e ganhou por 3 a 2, com gols de Bill, Magno Alves e Sandro, pelo Campeonato Brasileiro Série B daquele ano.

A vantagem do Tricolor também reflete nos últimos quatro jogos. Como visitante, o Santa Cruz soma três vitórias e um empate.

Santa Cruz empata com o CSA no Arrruda

Santa Cruz e CSA ficam apenas no empate por 1×1 pela Copa do Nordeste neste domingo, no Arruda. Manga Escobar abriu o placar para os visitantes e Pipico empatou o confronto. Com o resultado, a Cobra Coral assumiu temporariamente a liderança do Grupo A do Nordestão com nove pontos, pois a rodada acaba durante esta semana. 

O próximo jogo do Santa Cruz acontece na quinta-feira diante do Central, no estádio José do Rego Maciel, pelo Estadual. 

O JOGO : O duelo começou quente no estádio José do Rego Maciel. Logo nos primeiros minutos, o Santa Cruz tentou realizar a pressão inicial de dono da casa e teve a primeira boa chance da partida. O atacante Pipico ficou com a sobra dentro da grande área, tirou do goleiro João Carlos, mas a bola desviou no defensor alagoano. A resposta do CSA aconteceu rapidamente em jogadas de velocidade do pelotão de frente. Em dois lances seguidos de contra-ataque, perdeu duas boas oportunidades com o atacante Manga Escobar e o lateral-direito Apodi. Esse último com uma grande defesa do arqueiro coral, que defendeu uma cabeçada a queima-roupa, em cima da linha, com o marcador na pequena área. Com o meio-campista Allan Dias atuando de segundo volante, na segunda linha e o meia Luiz Felipe mais avançado, a Cobra Coral mostrava dificuldade na transição ofensiva. 

Já o CSA atuando com dois meias e três atacantes, mostrava bastante agilidade nas jogadas no ataque. Melhor na partida, teve mais posse de bola e levou perigo ao Tricolor do Arruda. Aos 40 minutos, os mandantes não suportaram. Em rápida jogada, Apodi arrancou pelo lado direito e levantou a bola na grande área. A bola sobrou para o atacante Manga Escobar, do lado oposto, que bateu alto na saída de Anderson. Gole certeiro na Cobra Coral no fim do primeiro tempo.

Na etapa final, o Santa Cruz começou a todo vapor e não demorou para empatar a partida. Aos 4, Pipico cobrou falta com força no canto do goleiro João Carlos e empatou a partida. O gol diminuiu o ímpeto do adversário alagoano e aumentou o volume ofensivo dos tricolores no confronto. Além disso, também assumiram a posse de bola e avançaram a marcação, retraindo o time azul e branco. No último quarto do jogo, o duelo entre Pernambucano e Alagoas ficou aberto. 

A Cobra Coral sob o comando do centroavante Pipico apertava o CSA em busca do gol da virada. Já os visitantes buscavam roubar a posse de bola para encaixar um contra-ataque em um vacilo tricolor. Só que, ao contrário de antes do intervalo, o Tricolor do Arruda ditava as ações do jogo e não sofria ameaça. Porém, tanto o Santa quanto o CSA não conseguiram acerta o último passe e achar o gol da vitória.

Confira o gol de Pipico:

Pipico e sua média alta de gols

Foto : @SantaCruzFC
O atacante coral Pipico realmente tem faro de gols. Pelo Santa Cruz, desde a chegada no ano passado para a Série C do Campeonato Brasileiro, ele somou 11 gols em 17 jogos. Desses, dois em quatro oportunidades nesta temporada. Média de 0,6 por partida. Ou seja, na matemática, o artilheiro coral precisa de menos de duas partidas para balançar as redes.

Em 2019 são cinco partidas com participação do atleta, atingindo o número de quatro gols marcados e já empatando com Elias na artilharia da equipe, em todas as competições. Marcando dois no empate com o Náutico pela Copa do Nordeste e outros dois na Copa do Brasil, Pipico só não balançou as redes contra o ABC/RN, quando estreou sendo acionado no segundo tempo, e diante do Petrolina, onde foi expulso antes do intervalo.

Depois de perder o início desta temporada por conta de uma lesão na coxa, o camisa 9 coral voltou a balançar as redes. Desta vez, na decisão contra o Náutico, que carimbou o passaporte tricolor rumo à terceira fase da Copa do Brasil. 

Leston Júnior quer ver entrega no Clássico das Emoções

O técnico Leston Júnior não prometeu muitas mudanças no Santa Cruz para enfrentar o Náutico. O Clássico das Emoções mais importante dos últimos tempos acontece nesta quarta-feira, às 21h30, pela segunda fase da Copa do Brasil. Veja abaixo a entrevista coletiva do comandante coral.

- Uma equipe competitiva sempre tem o seu padrão, mas pode flexibilizar uma coisa ou outra de acordo com o jogo ou competição. O último trabalho será (foi) reservado para exercitarmos o que achamos necessário de forma rápida e com pouca intensidade, até pela recuperação dos atletas de um jogo para outro.

Entrega

- O que podemos prometer é fazer o que estamos fazendo. Muita entrega e dedicação. Não tem como mudar a postura. Estamos trabalhando em cima de uma ideia de jogo e repetindo a cada partida. Não posso mudar muito em um duelo desse porte. Se fizesse isso, assumiria um risco enorme. Vamos fazer tudo da melhor forma possível. Minimizando os erros e potencializando o que temos de bom diante de um adversário que gera muito cuidado.

Técnico coral revela dúvida para o clássico das emoções

O técnico do Santa Cruz, Leston Júnior não quis revelar o time que enfrentará o Náutico nesta quarta-feira (20), jogo válido pela Copa do Brasil. A maior preocupação gira em torno do substituto do atacante Elias, que é o artilheiro da equipe com quatro gols e não vai jogar porque está suspenso. Apesar de Leston não querer nem dizer quais são as opções para esta vaga, disse que vai testar dois jogadores no treinamento fechado desta terça-feira.

- Temos duas possibilidades .Nós vamos exercitar no treinamento essas duas situações. Vamos ver o que se encaixa melhor. Elias é um atacante, mas tenho de pensar como um todo, já que ele também treina a parte defensiva. E vou ver o que se encaixar. 

Os dois jogadores que devem disputar essa vaga são o meia Luiz Felipe (que substituiu Elias na vitória de 1 a 0 sobre o Sport) ou lateral-direito Cesinha.O que parece certa é a ausência do goleiro Ricardo Ernesto, que se recupera de lesão na coxa direita. Anderson deve ser o titular. No ataque, o atacante Jô, que saiu do jogo contra o Sport com dores no tornozelo, não preocupa.

Santa Cruz demonstra solidez em começo de temporada

No último domingo o Santa Cruz completou dez jogos esse ano, em pouco mais de um mês no começo da temporada, entre Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. O desempenho na longa maratona de jogos surpreendeu e os tricolores largaram na frente dos rivais. Nesse período, o preparo físico dos atletas chamou atenção. Principalmente no último embate, o Clássico das Multidões, realizado depois de uma longa viagem para a cidade de Sinop, no Mato Grosso.

“Preciso agradecer a toda a minha comissão pelo trabalho espetacular. Sem esse suporte, não teríamos condições de fazer nada. Quando o resultado acontece ou não, a responsabilidade não é apenas de um. Todos estão trabalhando para condicionar bem o grupo e cada um cumprir a função em campo, o que cobro muito”, afirmou o técnico Leston Júnior.

Inicialmente, a Cobra Coral tem se destacado pelo posicionamento em campo e a postura compacta. O principal setor que está se destacando é a defesa. Nessa parte da equipe, o treinador tricolor tem sinalizado que os titulares são o goleiro Ricardo Ernesto, os laterais Marcos Martins e Bruno Ré, e a dupla de zaga Danny Morais e Vitão. Mais na frente, na proteção da defesa, os volantes Charles e Lorenzi.

Ricardo Ernesto pode ser desfalque contra o Náutico

O goleiro Ricardo Ernesto pode não enfrentar o Náutico, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. Segundo o médico do Santa Cruz, Wilton Bezerra, ele deixou o confronto contra o Sinop na semana passada com bastante dificuldade para bater na bola. Além disso, confirmou que no exame de imagem foi constada uma pequena lesão muscular na coxa direita.

"Ricardo (Ernesto) deixou a partida contra o Sinop reclamando de dores na coxa. Como não jogou quarta, teve tempo para descansar e isso já ajuda muito. Como apresentou muita dificuldade para chutar ainda é dúvida", explicou Wilton Bezerra.

Na vitória em cima do Sport, o atacante Elias deixou o campo sentindo dores na coxa. Como não jogo o Clássico das Emoções, visto que foi expulso contra o Sinop, ele não preocupa para o jogo seguinte diante do Vitória, na próxima semana, de acordo com o médico coral. "Inicialmente, não foi nada importante. Tem tempo para se recuperar", confirmou. 

Outro jogador coral que não deve preocupar é o também atacante Jô. Ele deixou o duelo contra o Sport sentindo dores no tornozelo direito. "Foi um trauma. Ele (Jô) fez o tratamento e vai para o treino. Até quarta-feira vamos avaliando. Como não está muito inchado, acredito que não seja nada grave", explicou Wilton.

Dirigente do Santa Cruz, Luciano Sorriso nega negociação com pimentinha


Nos últimos dias de que o atacante Pimentinha, ex-Sampaio Correia, estaria negociando com o Santa Cruz. Em contato com o repórter João Victor Amorim, o executivo de futebol do clube coral, Luciano Sorriso, negou qualquer contato para trazer o atleta. Ele optou por dizer apenas que a negociação "não existe". O jogador de 31 anos conquistou o acesso a Série B do Campeonato Brasileiro no ano passado e renovou contrato com clube paulista até o fim de 2019. 

Placar eletrônico

Comprado no final do ano passado, o placar eletrônico, enfim, começou a ser instalado no José do Rêgo Maciel. A projeção inicial era para o inicio da temporada, mas isso não ocorreu. O painel de alta resolução será instalado no guarda-corpo da geral, e tem 10 metros de largura por 1 metro de altura.

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK

TV CORAL

CAMPEONATO PERNAMBUCANO - SANTA CRUZ 1(4) x 1(2) NÁUTICO
+ TODOS OS VÍDEOS

------------------------------------------------------------------------------------