Santa Cruz empata com o ABC na Arena das Dunas


Na noite desta sexta-feira, o Santa Cruz desperdiçou boa chance de subir na tabela e colar nas primeiras colocações, enquanto o ABC não foi capaz de encerrar o jejum de 12 jogos sem vitórias. AS equipes se enfrentaram na Arena das Dunas, mas não saíram do empate em 1 a 1, pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Moradei abriu o placar para o Mais Querido, e Rafael Oliveira igualou. NO fim da partida, Anderson Aquino, que entrou no decorrer do segundo tempo, desperdiçou pênalti.

Com o resultado, os pernambucanos permaneceram na oitava colocação da tabela, com 35 pontos. Já os potiguares se complicaram ainda mais e caíram para a 19ª colocação, onde estão com 21 somados.

Pela 24ª rodada, o ABC tem compromisso marcado com o Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), às 19 horas (de Brasília) da próxima terça-feira. Já o Santa Cruz volta a campo para enfrentar o Paysandu no Arruda, em Recife (PE), na mesma data e horário.

O jogo – A partida começou equilibrada na Arena das Dunas, e foi o Mais Querido quem primeiro criou perigo real ao gol adversário, aos 16 minutos. Em cobrança de falta à longa distância direcionada para a área, o arqueiro Tiago Cardoso afastou e, na confusão, Rafael Miranda ficou com a sobra e chutou para o lateral direito Vítor tirar em cima da linha.

O time coral respondeu aos 24, quando abriu o placar. Luisinho recebeu passe pela direita e cruzou. O goleiro Gilvan espalmou, mas Moradei apareceu bem posicionado para ficar com a sobra e, de primeira, mandar para o fundo das redes.

Dois minutos depois, os pernambucanos quase marcaram o segundo. Vítor viu Gilvan adiantado e, de muito longe, finalizou tentando encobrir o goleiro. A bola passou por cima da meta, mas, por pouco, não entrou.

A equipe potiguar não deixou por menos e chegou ao empate com 42 jogados. Fábio Bahia deu passe preciso para Rafael Oliveira, que bateu forte de pé esquerdo para balançar as redes em Natal.

O Santa Cruz tentou reagir aos 44. Luisinho fez cruzamento pela direita para Renatinho, que, desmarcado, cabecear para defesa de Gilvan. Na sequência, foi a vez do ABC assustar. Edno recebeu passe, cortou para dentro e chutou, mas a bola subiu muito e foi para fora.

No segundo tempo, os donos da casa pressionaram e, logo no início, tiveram quatro boas chances de virar. Aos dois, Edson lançou Bismark, que, na frente do gol, demorou a concluir e acabou travado. Aos quatro, Ednei cruzou na área, e o atacante subiu mais alto que a zaga, mas cabeceou sem sucesso. Logo depois, Fábio Bahia ficou com sobra após lateral e chutou. Rafael Oliveira tentou completar, sem perigo. Com 11 minutos, Bismark arriscou de fora da área para boa defesa de Tiago Cardoso.

O Mais Querido voltou a levar perigo com 25 jogados na etapa complementar. Fábio Bahia recebeu passe de Edno e bateu da entrada da área e de pé esquerdo. A bola quase acertou o ângulo direito da meta, mas acabou saindo para tiro de meta.

O Santa Cruz conseguiu chegar ao gol aos 32. Luisinho recebeu passe em impedimento e tocou para Grafite marcar. Porém, o auxiliar anulou, corretamente, a jogada.

Os potiguares não se amedrontaram e voltaram a pressionar. Aos 37 minutos, Rafael Oliveira entrou na área pela direita e finalizou rasteiro para Tiago Cardoso ficar com a bola. Na sequência, Ednei chutou perigosamente, mas o arqueiro fez outra boa defesa.

O goleiro Gilvan também se destacou aos 42. Após derrubar Grafite na área, o árbitro sinalizou a penalidade máxima. Anderson Aquino cobrou, mas o goleiro pulou no canto certo e defendeu para se redimir com a torcida alvinegra.

A última boa chance da partida ocorreu aos 46 minutos, sendo protagonizada pelos visitantes. Luisinho arranca pelo meio, escapa do marcador e chuta para fora, desperdiçando a oportunidade de vencer e subir na tabela.

DEIXE SUA OPINIÃO TRICOLOR!

TV CORAL

CAMPEONATO BRASILEIRO - CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ



------------------------------------------------------------------------------------

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK