É Vice! Santa Cruz vence o Vitória no Arruda, e fica com o vice campeonato da série B
























Clima de festa antes, durante e depois do apito final. Com o apoio incondicional vindo das arquibancadas do Arruda, o Santa Cruz venceu o Vitória/BA por 3 a 1, pela 38ª rodada, e ficou com o vice-campeonato da Série B 2015. Ainda por cima, o Mais Querido encerrou a temporada com seis vitórias seguidas e com uma invencibilidade de sete jogos. A torcida coral comemorou bastante a conquista.

Mesmo garantidos na Série A, Santa Cruz e Vitória/BA entram em campo com o pé no acelerador no "amistoso de luxo". O ritmo foi intenso durante todo o primeiro tempo. Com um forte poder de criação, o time coral perdeu três chances seguidas, duas delas claras com o atacante Grafite. Os baianos até seguraram o ímpeto ofensivo coral, mas, depois de tanto insistir, os tricolores ficaram em vantagem e o placar de 1 a 0 na etapa inicial foi merecido, pois a equipe da casa foi avassaladora e sufocou o adversário.

O Santa voltou do intervalo com a mesma intensidade. Logo nos minutos iniciais do segundo tempo, ampliou o placar para o delírio da massa coral. Mesmo vencendo por 2 a 0, os tricolores continuaram criando boas jogadas e abusou de perder gols. O Vitória/BA tentou assustar em alguns momentos e diminuiu a vantagem no final da etapa complementar, mas, pouco tempo depois, a equipe coral marcou mais um gol para liquidar o jogo: 3 a 1.

O TIME - Um dia antes da partida, o técnico Marcelo Martelotte divulgou a escalação do Santa Cruz e confirmou o time com duas mudanças. O meia-atacante Lelê e o atacante Grafite retornaram ao time titular, após cumprirem suspensão pelo terceiro cartão amarelo, nas vagas de Renatinho e Bruno Moraes.

A equipe que começou atuando foi a seguinte: Tiago Cardoso; Vítor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cézar, João Paulo, Daniel Costa, Lelê e Luisinho; Grafite.
GOLS - Aos 39 minutos do primeiro tempo, Daniel Costa cobrou o escanteio com perfeição e o lateral Allan Vieira deu uma cabeçada de cima para baixo abrindo o placar. Logo aos 5 minutos, o meia Daniel Costa bateu um escanteio direto para o gol, mas o zagueiro Danny Morais apareceu no lance e desviou na bola, que morreu no fundo das redes do goleiro Fernando Miguel.

Aos 37 do segundo tempo, Vandeu recebeu a bola na direita, cortou o marcador e, de fora da área, mandou uma chutaço no ângulo do goleiro Tiago Cardoso, que só ficou olhando a bola. Dois minutos depois, Raniel foi derrubado na área por Guilherme Mattis e o árbitro marcou a penalidade máxima. O centroavante Bruno Moraes bateu o pênalti com tranquilidade e acertou o canto direito, sacramentando a vitória.

MODIFICAÇÕES - No decorrer do segundo tempo, o atacante Grafite foi substituído pelo centroavante Bruno Moraes. O camisa 23 deixou o campo bastante aplaudido e foi saudado pela torcida coral. A torcida tricolor gritou o nome do meia Renatinho. De imediato, o técnico Marcelo Martelotte atendeu o pedido e acionou o prata da casa na vaga de Daniel Costa. Por fim, o meia Raniel ficou com a vaga do meia-atacante Lelê, sendo a última alteração.

CLASSIFICAÇÃO - O Santa Cruz terminou o Campeonato Brasileiro da Série B na 2ª posição, com 67 pontos (20 vitórias, sete empates e 11 derrotas, em 38 jogos). 

Público: 36.622
Renda: R$ 983,770,00

(vídeo)confira a festa da torcida

*COMENTÁRIO*

TV CORAL

CAMPEONATO BRASILEIRO - CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ



------------------------------------------------------------------------------------

ENQUANTO ISSO, NO FACEBOOK